domingo, 9 de junho de 2019

Homem é expulso do hospital Dirceu Arcoverde, espancado e preso por reclamar do atendimento e sujeira


Na tarde deste domingo (9/6) no hospital Dirceu Arcoverde em Parnaíba (PI); um homem foi a procura de atendimento de saúde para a filha de nove anos que caiu e machucou o joelho, mas, acabou sendo expulso do hospital, espancado e preso, segunda denúncia feita para o repórter policial Yure Gomes.
Hospital Estadual Dirceu Arcoverde

A vítima que não teve a identidade revelada levou a filha de 9 anos para o hospital Dirceu Arcoverde e por conta da demora no atendimento, o pai reclamou, além disso ao se deparar com a sujeira na sala de pequenas cirurgias, qual a filha seria submetida, ele voltou a reclamar, e foi expulso do hospital público, por funcionários de forma violenta, sendo espancado, jogado na porta do hospital e preso pela polícia que o encaminhou para a central de flagrantes, como disse sua esposa em entrevista ao repórter Yure Gomes.

Ainda de acordo com informações a vítima se alterou com o descaso, bateu em uma porta e falava em voz alta, inconformado com a falta de atendimento. Até fecharmos essa matéria a direção do hospital ainda não havia se pronunciado sobre o ocorrido. Ainda de acordo com informações do repórter, Yure Gomes, o homem espancado ficou detido na polícia. “Se for prender todo mundo que reclama na porta deste hospital, eu tenho outro depoimento novo”. Disse Yure ao relatar o corrido a imprensa.

O Governo do Estado do Piauí vem ao longo dos anos atrasando salários e descumprindo acordos com funcionários e profissionais de saúde; o que pode estar gerando insatisfação no ambiente de trabalho.

Edição: Denílson Freitas/Veja PHB com informações de Yure Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário