quarta-feira, 8 de maio de 2019

Governo anuncia bloqueio de R$ 5,8 bilhões do orçamento das Forças Armadas

O governo anunciou nesta terça-feira (7), após reunião do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, com integrantes do Alto Comando das Forças Armadas, que bloqueará R$ 5,8 bilhões do orçamento do Ministério da Defesa. Segundo a assessoria do ministério, o contingenciamento não impõe, no momento, necessidade de mudanças na operacionalidade da pasta e faz parte do decreto de corte de gastos definido pela área econômica.
Bloqueio faz parte do decreto de corte de R$ 30 bilhões dos gastos definido pela área econômica
“A pasta trabalha com a expectativa de recuperação da economia e reequilíbrio do orçamento brevemente”, informou em nota. Após a reunião, os militares almoçaram com o presidente Jair Bolsonaro, na sede do quartel-general do Exército, em Brasília.
O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, declarou durante coletiva de imprensa nesta terça que “o fato em si, e nós temos sido contingenciados, está dentro de um contexto do que a administração pública entende no momento, para que, no futuro, com a aprovação da nova Previdência e outras ações estruturantes, o governo, de maneira geral, possa reacomodar esse orçamento, não apenas do Ministério da Defesa, mas de outros ministérios envolvidos”.
O governo pretende fazer um contingenciamento de R$ 30 bilhões. Algumas áreas já foram afetadas, como a Educação, em que foi anunciado um corte de 30% do orçamento das universidades e institutos federais.
Reestruturação
Barros também destacou a recriação dos ministérios da Integração Nacional e das Cidades,que havia sido confirmada, mais cedo, pelo presidente Jair Bolsonaro. Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário